Comportamento dos consumidores nas plataformas digitais!

Nesse blog você vai conhecer um pouco mais sobre o e-comerce, sua história e a evolução durante a pandemia.

Derevo

Derevo

  • terça-feira, 17 de agosto de 2021
  • E-Commerce

O termo e-comerce ou comércio eletrônico é uma modalidade mercantil e inovadora com operações de negócios processadas totalmente on-line. Embora esse modo de comércio está em evidência, o seu surgimento é antigo e vem se modificando e diversificando, devido as grandes demandas, facilidades de negócios e as variedades de produtos e serviços disponíveis.

Historicamente essa categoria nasceu em meados de 1970 nos Estados Unidos, como troca de arquivos de solicitações de pedidos. No Brasil temos registros do primeiro e-commerce de uma grande livraria em 1996, posteriormente, em 1999, negociada para uma empresa que ampliou para várias categorias de produtos.

A partir do novo milênio surgiram através dessa empresa os Marketplace, que são plataformas que agrupam vários fornecedores e produtos em único lugar, com intenções de fidelizar e manter o usuário realizando as suas compras no mesmo ambiente, ofertando-lhe cupons desconto, frete grátis por regiões do país e associando um produto semelhante ao da compra.

No ano de 2020, com o avanço da pandemia causada pelo novo corona vírus, Na tentativa de conter o avanço do vírus, foram impostas pelas autoridades várias medidas de restrições afim de evitar circulação de pessoas, e dessa forma os estabelecimentos comerciais foram fechados ou tiveram seu atendimento presencial restringido. Dessa forma, consolidou algo que já era tendência das empresas em diversos países, inclusive no Brasil: a crescente migração de usuários de lojas físicas para plataforma de digitais, resultando numa maior interação de usuários com a web, mudanças estratégicas de negócios das empresas, inovação na gestão comercial, logísticas, marketing, investimentos tecnológicos e redução de custos com estoque e pessoas.

Ano Trimestre Penetração dos consumidores na população de internautas do Brasil
2020 Janeiro a Março 12,30%
2020 Abril a Junho 18,20%
2020 Julho a Setembro 17,90%
2020 Outubro a Dezembro 18,40%

Fonte: MCC-ENET

Atualmente conhecemos alguns termos agregados ao e-comerce, como por exemplo e-Business, B2B, B2C. O termo e-business, define que a organização atua no mercado 100 % on-line, negociando os seus ativos em qualquer lugar do mundo, fornecendo segurança nos pagamentos aos usuários digitais, disponibilidades de horários(24/7), ausências de filas nos caixas e sem atendimento com vendedores.

Com o crescente acesso dos usuários para aquisição dos produtos e serviços, os modelos de comércios foram se adequando ao perfil de cada consumidor, por exemplo do modelo de negócio, B2B (business to business) é um formato mais específico e personalizado, que os negócios são realizados entre pessoas jurídicas. O B2C(business-to-consumer ) é um modelo bem direcionado aos consumidores finais os mais conhecidos como setor varejista.

Veja abaixo o índice apontado pela pesquisa que foi desenvolvida pelo Comitê de Métricas da Câmara Brasileira da Economia Digital do MCC-ENET(Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico), em parceria com o Neotrust | Movimento Compre & Confie.

Por regiões

Image Description

Seguindo na métrica de vendas, ao observar os dados por região, na comparação entre dezembro de 2020 com o mesmo período de 2019, a composição ficou da seguinte forma: Nordeste (77,63%), Sul (66,22%), Sudeste (48,32%), Centro-Oeste (46,99%) e Norte (39,25%).





Por categorias

Em novembro, a composição de compras realizadas pela internet, por segmento, ficou da seguinte forma:

  • Equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação (41,8%);
  • Móveis e eletrodomésticos (25,9%);
  • Tecidos, vestuário e calçados (11,8%);
  • Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (7,5%);
  • Outros artigos de usos pessoal e doméstico (7,4%);
  • Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (3,3%);
  • Livros, jornais, revistas e papelaria (2,3%);

  • Para que a empresa possa consolidar as vendas processadas no e-comerce é de suma importância o uso de software de gestão.
    Image Description

    Para que a empresa possa consolidar as vendas processadas no e-comerce é de suma importância o uso de software de gestão que controla as vendas, o estoque, as finanças, fiscal, contábil, integração com departamentos, redução erros e custos, e aumento de produtividade.

    Um sistema facilita recepção de todas as vendas concluídas pelos usuários na plataforma da empresa, a partir desse momento se inicia o processo de faturamento, separação do produto, emissão de nota fiscal e entrega da mercadoria ao cliente.

    Através do sistema a empresa pode estabelecer a gestão de relacionamento com o cliente, utilizando os mecanismos do CRM(Customer Relationship Management), enviando informações de vendas para o cliente rastrear a entrega do seu pedido, relação do pós-vendas e promoções, sempre de modo seguro


    Fone

    Fixo/Móvel

    (65) 3358-5800 / (65) 99293-2776
    Email

    Email

    comercial@derevo.com.br
    Endereço

    Endereço

    CUIABÁ - MATO GROSSO